Regalos e regalitos...

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

DOCES DE COLHER..." Aletria da Faustinha" (aletria de água). Um doce de colher simples de fazer. Esta é uma versão revisitada da receita da minha avó.

" Aletria da Faustinha "...

Ingredientes:

650 ml de água
300 gramas de aletria
3 gemas
casca de limão
uma pitada de sal
200 gramas de açúcar
canela em pó

Preparação:

Ponha numa panela o açúcar, a água, o sal
e a casca de limão.
Leve ao lume forte e deixe ferver durante 5 minutos para baixar ligeiramente o nível da água, 

com a panela um pouco destapada.
Junte a aletria, 

baixe para lume médio, tape a panela 
e deixe a aletria cozer bem.
À parte, separe as gemas dos ovos
e mexa as gemas para se juntarem.

Junte as gemas,
mexendo com uma colher de pau por 3 minutos
e depois apague o lume e retire a casca de limão.
Deite a aletria numa travessa e deixe arrefecer.
Quando estiver fria, enfeite com canela em pó.
Sirva a aletria com temperatura ambiente.
(Confeccionado por Marinela Moreira)


domingo, 11 de fevereiro de 2018

PETISCOS..." Enguias da horta " (peixinhos da horta), receita revisitada por mim. Espetei cada palito em um feijão verde e em forma de zigue-zague, para parecerem enguias. Um pouco de história: Os peixinhos da horta são pedaços de feijão verde envoltos em polme, podendo também ser preparado com outros legumes, tais como a abóbora, a cebola em rodelas de 5 mm, o pimento ou o curgete (courgette). O japoneses inspiraram-se deste prato, para criarem a "Tempura". Os "peixinhos da horta"foram introduzidos por missionários portugueses no Japão nos meados do século XVI. É um delicioso petisco, podendo ser servido também como entrada ou acompanhamento no decorrer de uma refeição.


" Enguias da horta "...
( 20 peças )

Ingredientes:

20 feijões verdes (com 20 cm de comprimento)
1 chávena (de chá) de farinha de trigo sem fermento
1 copo de água (33 cl)
2 ovos inteiros
sal para temperar
óleo de girassol ou azeite oliveira para fritar

material: palitos de madeira com 15 cm
frigideira 

PREPARAÇÃO:

Lave os feijões e corte as pontas das extremidades.
Ponha a água temperada de sal numa panela, 
acame os feijões e tape a panela,
leve ao lume médio.
Depois, apague o lume e deixe arrefecer.
Deixe cozer os feijões, sem que fiquem muito moles.
Separadamente numa tigela, ponha a farinha e os ovos.
Junte a água da cozedura dos feijões aos ovos e a farinha,
 mexa até obter um polme (uma papa) homogéneo.

Faça a enguias da horta:

Pegue no palito e espete cada feijão verde,
indo em zigue-zague
e arrume numa placa plana, para depois fritar.

Aqueça o óleo ou azeite oliveira numa frigideira, em lume médio.
Vá molhando cada espetada com a ajuda de uma colher
e fritando até alourar um pouco de cada lado.
Se for preciso, aumente um pouco o lume...
Ponha os fritos num papel absorvente.
Sirva ainda quente ou mornos.
(Confeccionado por Marinela Moreira)








quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

PRATOS SALGADOS..." Carne de vaca à Bourguignonne ". Este prato é um estufado de vaca, tradicional de Bourgogne-França. É confeccionado com o vinho tinto da região ( vinho de Bourgogne) e é acompanhado com cogumelos, toucinho fumado e cebolas muito pequenas. Como variante, pode também ser acompanhado de batatas inteiras cozidas, puré de batata, cenouras, feijão verde cozido, ou massas frescas.



" Carne de vaca à Bourguignonne "...(França)
( 4-6 pessoas)


MARINADA...  Ingredientes:


1,300 kgs de carne de vaca (chambão) cortado em cubos de 5 cm X 5 cm
4 cenouras média cortadas em cubos
2 cebolas médias cortadas em cubos
4 dentes de alhos picados
1 folha de louro sem o pau central da folha, ou 1 colhe (de chá) de tomilho
1/2 litro de água com gás
75 cl (uma garrafa) de vinho tinto maduro (se tiver, que seja o vinho de Bourgogne)
pimenta preta de moínho
sal para temperar

Prepare a marinada 12 horas ante de cozinhar o etufado:

Para amaciar a carne, ponha a carne num recipiente e junte a água com gás.
Deixe repousar durante 1 hora.
Junte o resto dos ingredientes, 
misture e deixe a marinar dentro do frigorífico 12 horas.

COMO COZINHAR O ESTUFADO...3 horas antes de servir.

Ingredientes a acrescentar:  
1 chávena (de chá) mal cheia de azeite oliveira
4 colheres (de sopa) de farinha de trigo sem fermento

Retire os pedaços de carne da marinada e ponha numa panela com o azeite.
Leve ao lume médio, para alourar, mexendo de vez em quando.
Junte  a farinha de trigo, mexa por 2 minutos
e por fim, junte o líquido da marinada com os legumes.
Tape e deixe cozinhar em lume brando durante 2 h 35 m, 
mexendo de vez em quando
e deixando sempre a panela tapada.
Apague o lume.

FAÇA A GUARNIÇÃO (acompanhamento)...

Ingredientes para cada preparação:

1- 750 gramas de batatas pequenas descascadas, para cozer
sal para temperar

2- 600 gramas de cogumelos de Paris cortados em quatro
1 cebola picada
um generoso fio de azeite
sal para temperar
salsa fresca picada (facultativo)

3- 500 gramas de cebolas pequenas inteiras e descascadas
50 gramas de manteiga
1 colher (de sopa) de açúcar

4- 250 gramas de toucinho fumado (bacon fumado)

1ª PREPARAÇÃO, AS BATATAS:

Ponha água ao lume e as batatas, tempere de sal e deixe cozer. 
Depois de cozidas as batatas, escorra e reserve.

2ª PREPARAÇÃO, O TOUCINHO FUMADO:

Ferva água e deite por cima do toucinho fumado, para escaldar, escorra e reserve.

3ª PREPARAÇÃO, OS COGUMELOS SALTEADOS:

Coloque a cebola picada numa frigideira com o azeite e leve ao lume médio, mexendo até ficar transparente.
Junte os cogumelos à cebola e salteie, por 4 ou 5 minutos,
depois junte o toucinho fumado escaldado e escorrido 
e continue a saltear por mais 3 minutos.
Apague o lume e reserve.

4ª PREPARAÇÃO:

Ponha numa panela as cebola pequenas com a manteiga, leve ao lume médio/brando e deixe saltear, 
mexendo sempre, até começarem a alourar ligeiramente.
junte o açúcar e continue a mexer, até caramelizar um pouco. 
Apague o lume e junte.
Misture estas preparações que fez, 
menos as cebolas caramelizadas .

Sirva...
 Num travessa de ir à mesa, ponha o estufado de carne bem quente, 
coloque por cima as cebolas caramelizadas
e sirva acompanhado com o resto, com salada e pão rústico, 
como bebida, um bom vinho tinto ou outra bebida a seu gosto.
(Confeccionado por Marinela Moreira)














segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

ACOMPANHAMENTOS..." Arroz de espigos de couve ". O arroz de espigos, cujo nome é designado na Beira Litoral-Portugal, é chamado no Norte de Portugal "arroz de netos". Há duas versões, nesta receita: arroz solto e arroz molhado. No arroz solto, são utilizadas apenas duas medida de água para uma medida de arroz. No arroz mais molhado, são utilizadas duas medidas e meia de água para uma medida de arroz. E o que são os espigos de couve, afinal? Quando a couve portuguesa (ou couve galega) cresce e passa o tempo das folhas grandes e verdes, as últimas que crescem espigam. Estas, são tenras e suculentas, apanham-se os espigos juntamente com as folhas pequenas que os envolvem. Depois de lavados, cozinha-se este prato, um acompanhamento delicioso para carnes e peixes.

" Arroz de espigos de couve "...
( 4-6 pessoas )

Ingredientes:

400 gramas de arroz (carolino ou agulha)
1 cebola grande (picada)
1 molho de grelos de couve (espigos e as folhas pequenas que os envolvem)
4 dentes de alhos (picados)
sal para temperar
água para cozer

Preparação:
Lave os grelos de couve e reserve.
Depois de picar as cebolas e os alhos, coloque tudo numa panela com o azeite e leve ao lume brando, tape.
Deixe refogar, até tudo ficar apenas transparente.
Junte os grelos de couve e mexa com uma colhe de pau, tape.
Deixe fervilhar durante 4 a 5 minutos, em lume médio, mexendo de vez em quando.
Lave e escorra o arroz e junte aos grelos na panela.
Acrescente a água necessária para cozer o arroz, solto ou molhado
(veja a quantidade de água explicada para "solto" ou "molhado", aqui no texto em cima).
Tempere de sal e deixe cozer tapado, por cerca de 18 a 20 minutos.
Apague o lume e sirva quente, para acompanhar com croquetes de carne,
veja a receita neste blogue, pesquisando neste mesmo blogue, com o nome:

Croquetes de carne

(Confeccionado por Marinela Moreira)

O arroz de espigos de couve acompanha também pratos de carne, aves ou peixe.


domingo, 17 de dezembro de 2017

SOBREMESAS..." Figos de Natal " (verão mais doce)

   " Figos de Natal "... 

Ingredientes:

10 figos (frescos e maduros)
2 chávenas (de chá) bem rasas, de açúcar amarelo
10 paus de cravinho da Índia
1 pau de canela

Preparação:
  
Lave os figos em água corrente
e enxugue cuidadosamente cada um,
com um papel absorvente. Espete um pau de cravinho da Índia, na parte inferior de cada figo,
coloque-os lado a lado, numa panela anti aderente. Coloque o pau de canela no centro. 
Deite por cima dos figos o açúcar amarelo,
tape a panela e leve ao lume brando.
Depois de levantar fervura, deixe os figos cozerem,
durante 30 ou 35 minutos, sempre com a panela tapada. Passado este tempo, apague o lume e deixe esfriar.
Retire os figos para um recipiente de vidro
e verta a calda por cima deles.
Guarde no frigorífico, até servir.
Sirva com gelado de baunilha,
ou com crepes,
ou simples com a calda.
(Confeccionado por Marinela Moreira)





terça-feira, 21 de novembro de 2017

PRATOS SALGADOS..."Crepe da Bretanha-França". Galette! É uma receita que data da idade média. Em Bretanha-França, quem diz crepe, diz Galette. É feita integralmente com farinha de trigo sarraceno. A cultura do trigo negro (sarraceno), desenvolveu-se a partir do século XVI.

" Crepe da Bretanha-França "...( galette)

Ingredientes Para o recheio :
queijo ralado ou em fatias
fatias de fiambre (sem gorduras)
1 ovo para cada crepe

Para a massa :

350 gramas de farinha sarraceno ( compra-se nas dietéticas ou supermercados )
10 gramas de sal grosso
2 colheres (de sopa) de óleo de girassol
meio litro de água
1 ovo grande
pimenta preta de moínho ( se gostar )

Material para assar o crepe :
Um aparelho ( crepeira ) de fazer crepes ( ou uma frigideira anti-aderente )
óleo para untar

Preparação :

Numa taça, misture a farinha sarraceno, juntamente com o sal.
Junte a água aos poucos, o óleo e o ovo.
Bata, até ficar uma papa uniforme.
Tape com uma película transparente e deixe repousar por cerca de 
1 h 30 m, no frigorífico.

FAÇA OS CREPES :

Unte a base da crepeira ( ou frigideira anti-aderente ),
aqueça o aparelho ou a frigideira
e deite uma concha da massa que preparou, no centro.
Com uma espátula, espalhe depressa a massa, até que fique como se fosse uma folha de papel,
inclinando a frigideira aos círculos.
Nota:
todo este processo tem de ser rápido para cada crepe,
se utilizar uma crepeira, terá de espalhar a massa com uma espátula,
movimentando em círculos e rapidamente!
assim que acabar de espalhar a massa,
parta 1 ovo no centro e espalhe-o com um garfo,
ponha as fatias de fiambre,

polvilhe com um pouco de pimenta preta de moínho ( se gosta de pimenta )e por fim, espalhe o queijo ralado ou em fatias em cima.
Deixe assar o crepe por 1 minuto.

DOBRE OS QUATRO CANTOS PARA DENTRO ( veja foto),
deixando que o centro do recheio fique à vista.
Sirva de imediato, quente
e acompanhado de salada
com bebida cidra ( é uma bebida gaseificada de maçã )
(Confeccionado por Marinela Moreira)










segunda-feira, 13 de novembro de 2017

REFEIÇÃO SEM BARRIGA...simples!! " Dourada cozida com creme de bróculos "


" Dourada cozida com creme de bróculos "...
( para cada pessoa )

Ingredientes :

1 dourada ( pequena) limpa de suas vísceras e escamas
1 cebola média (cortada em quatro)

1 dente de alho cru picado (facultativo)
250 gramas de bróculos frescos
sal para temperar (sal com menos sódio de preferência)
água para cozer

Lave os bróculos em água corrente e vá partindo em pedaços,

separando cada talo.
Ponha 1,5 litro de água numa panela, tempere a água de sal
e leve ao lume forte até começar a ferver.
Assim que começar a ferver, ponha os bróculos e a cebola, 
tape a panela e deixe-os cozer 15 minutos.
Depois, apague o lume.
Retire os bróculos e a cebola da água, com a ajuda de uma escumadeira,
guarde a água na panela, porque agora vai cozer a dourada!
Reserve os bróculos e a cebola quentes.
Leve de novo a panela ao lume médio, ponha lá a dourada e tape a panela.
Deixe cozer por 7 minutos
e retire com cuidado da panela, usando uma escumadeira larga,
ponha no prato e cubra com uma folha de papel vegetal para não arrefecer.

FAÇA O PURÉ DE BRÓCULOS:


Basta pôr os bróculos e a cebola que reservou, numa picadora.
Triture, até fazer um puré.
Sugestão: enquanto triturava os legumes, eu adicionei 2 colheres de sopa da água da cozedura, assim, o puré ficou mais mole e agradável. 
Ponha o puré ao lado da dourada e sirva quente.
(Confeccionado por Marinela Moreira)

ACOMPANHAMENTO PARA A REFEIÇÃO:


acompanhe com folhas de alface lavadas, para substituir o pão.

BEBIDA PARA ACOMPANHAR:
água ou chá (sem açúcares!)

SOBREMESA:

yogurte magro 0%, 
com sementes de abóbora, 
semente goji (as vermelhas)
e metade de uma noz.