Regalos e regalitos...

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

BOLOS..." Camponesas de abóbora ".Adoro abóboras! Lembrando-me da receita dos Bilharacos (filhós de abóbora) da minha avó, revisitei a receita voltando aos sabores de Natal.



" Camponesas de abóbora "...

Ingredientes :

1 kg de abóbora amarela
1 copo de água
1 colher cheia ( de café ) de sal fino
150 grs. de manteiga
200 grs. de açúcar
300 grs. de farinha de trigo sem fermento
4 ovos inteiros
1 colher ( de chá  ) de fermento em pó+ manteiga para untar o tabuleiro
+ farinha para polvilhar o tabuleiro
mel ou canela em pó para envolver os bolos depois de cortados

Descasque a abóbora e corte-a em cubos pequenos.
Leve a abóbora a cozer com a água e o sal,
em lume brando e com a panela tapada.
Quando a abóbora estiver cozida, apague o lume.
Esmague a abóbora com um garfo muito bem e deixe ficar quase morno.
Junte a manteiga e mexa até que derreta.
Bata os ovos e junte, batendo com a batedeira.

ACENDA O FORNO EM LUME FORTE.

Vá acrescentando o açúcar, a farinha
e por fim, o fermento.
Unte um tabuleiro muito bem com manteiga e polvilhe-o de farinha.

BAIXE O LUME DO FORNO PARA MÉDIO/BAIXO.

Deite a massa do bolo no tabuleiro e leve ao forno para assar,
até que por cima fique ligeiramente dourado.
Não se preocupe, se picar com um palito de madeira e este sair húmido!
Este bolo tem que ficar com a massa cozida, mas húmida.
Retire do forno e deixe esfriar.
Vire o bolo para cima de uma tábua de cozinha
e corte-o em rectângulos ou quadrados.
Arrume os pedaços de bolo numa caixa ou num prato de servir.
Sirva com café, café com leite, chá, ou sumos de fruta.
( Receita confeccionada e de autoria de Marinela Moreira )






2 comentários:

  1. Olá Flor dos Ventos MM,
    Passando pra retribuir a visita ao meu cantinho, quando do agradinho "a amiga Maria Luixza.
    Amei essa receita! Ficou um bolo de aparência muito linda e penso que o gosto deve ter superado essa...
    Bjkas
    Mila

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado pela sua apreciação, Maria Emilia Resendes. As saudades da infância levam-nos aos poemas, aos sabores...e reinventamos receitas.Obrigado pela sua simpática mensagem, fico feliz que tenha gostado da receita.desejo-lhe as maiores felicidades para si e os seus!

      Eliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.