Regalos e regalitos...

domingo, 25 de fevereiro de 2018

NA COZINHA COM CRIANÇAS..."Beijinhos de coco". Um doce que as crianças (e os adultos) adoram. Quando eu era pequena, a minha mãe enfeitava a mesa dos meus aniversários com esta delícia. Aqui está a receita, muito simples de fazer. Desfrute, na companhia de suas crianças na cozinha, para a/o ajudarem, elas irão adorar!

" Beijinhos de coco "...

Ingredientes:

200 gramas de coco ralado (seco)
200 ml de leite de coco
1 colher (de sopa) bem cheia de manteiga
1 lata de leite condensado

Para moldar os beijinhos:

1 colher (de sopa) de manteiga para untar as palmas das mãos manteiga par untar um prato
coco ralado (seco) para envolver os beijinhos
eu usei passas de uva (uva seca)
podem ser paus de cravinho,
ou bolinhas brilhantes para decorar bolos.

Prepare a massa para os beijinhos:

Ponha numa taça o coco ralado e junte o leite de coco.
Misture muito bem e deixe descansar 20 minutos.
Curiosidade:

O leite de coco irá devolver ao coco ralado toda a humidade que perdeu ao ser desidratado.
Preparação:
Passados os 20 minutos, adicione o leite condensado e a manteiga.
Mexa bem e ponha numa panela com fundo liso,
leve ao lume brando e vá mexendo sempre
com uma espátula de madeira,
 roçando com a espátula no fundo da panela e nas laterais,
até que a massa desprenda do fundo.
Cuidado, não aumente o lume, nem deixe queimar no fundo!
Quando a massa estiver mais "dura" e a ferver,
apague o lume.
Unte um prato com manteiga
e deite a massa da panela no prato.
Espalhe, para arrefecer completamente.
Com uma colher de sobremesa, vá doseando para fazer bolinhas nas mãos untadas com um pouco de manteiga,
para a massa não pegar nas mãos.
Passa cada bolinha (beijinho) pelo coco ralado
e vá arrumando os beijinhos num prato,
para endurecerem ligeiramente.
Ou então, depois de moldar cada bolinha, coloque numa forma pequena de papel com fantasia ou branca
e arrume num prato bonito.
Sirva em festas de crianças ou outras ocasiões.
(Confeccionado por Marinela Moreira)


terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

DOCES DE COLHER..." Aletria da Faustinha" (aletria de água). Um doce de colher simples de fazer. Esta é uma versão revisitada da receita da minha avó.

" Aletria da Faustinha "...

Ingredientes:

650 ml de água
300 gramas de aletria
3 gemas
casca de limão
uma pitada de sal
200 gramas de açúcar
canela em pó

Preparação:

Ponha numa panela o açúcar, a água, o sal
e a casca de limão.
Leve ao lume forte e deixe ferver durante 5 minutos para baixar ligeiramente o nível da água, 

com a panela um pouco destapada.
Junte a aletria, 

baixe para lume médio, tape a panela 
e deixe a aletria cozer bem.
À parte, separe as gemas dos ovos
e mexa as gemas para se juntarem.

Junte as gemas,
mexendo com uma colher de pau por 3 minutos
e depois apague o lume e retire a casca de limão.
Deite a aletria numa travessa e deixe arrefecer.
Quando estiver fria, enfeite com canela em pó.
Sirva a aletria com temperatura ambiente.
(Confeccionado por Marinela Moreira)


domingo, 11 de fevereiro de 2018

PETISCOS..." Enguias da horta " (peixinhos da horta), receita revisitada por mim. Espetei cada palito em um feijão verde e em forma de zigue-zague, para parecerem enguias. Um pouco de história: Os peixinhos da horta são pedaços de feijão verde envoltos em polme, podendo também ser preparado com outros legumes, tais como a abóbora, a cebola em rodelas de 5 mm, o pimento ou o curgete (courgette). O japoneses inspiraram-se deste prato, para criarem a "Tempura". Os "peixinhos da horta"foram introduzidos por missionários portugueses no Japão nos meados do século XVI. É um delicioso petisco, podendo ser servido também como entrada ou acompanhamento no decorrer de uma refeição.


" Enguias da horta "...
( 20 peças )

Ingredientes:

20 feijões verdes (com 20 cm de comprimento)
1 chávena (de chá) de farinha de trigo sem fermento
1 copo de água (33 cl)
2 ovos inteiros
sal para temperar
óleo de girassol ou azeite oliveira para fritar

material: palitos de madeira com 15 cm
frigideira 

PREPARAÇÃO:

Lave os feijões e corte as pontas das extremidades.
Ponha a água temperada de sal numa panela, 
acame os feijões e tape a panela,
leve ao lume médio.
Depois, apague o lume e deixe arrefecer.
Deixe cozer os feijões, sem que fiquem muito moles.
Separadamente numa tigela, ponha a farinha e os ovos.
Junte a água da cozedura dos feijões aos ovos e a farinha,
 mexa até obter um polme (uma papa) homogéneo.

Faça a enguias da horta:

Pegue no palito e espete cada feijão verde,
indo em zigue-zague
e arrume numa placa plana, para depois fritar.

Aqueça o óleo ou azeite oliveira numa frigideira, em lume médio.
Vá molhando cada espetada com a ajuda de uma colher
e fritando até alourar um pouco de cada lado.
Se for preciso, aumente um pouco o lume...
Ponha os fritos num papel absorvente.
Sirva ainda quente ou mornos.
(Confeccionado por Marinela Moreira)








quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

PRATOS SALGADOS..." Carne de vaca à Bourguignonne ". Este prato é um estufado de vaca, tradicional de Bourgogne-França. É confeccionado com o vinho tinto da região ( vinho de Bourgogne) e é acompanhado com cogumelos, toucinho fumado e cebolas muito pequenas. Como variante, pode também ser acompanhado de batatas inteiras cozidas, puré de batata, cenouras, feijão verde cozido, ou massas frescas.



" Carne de vaca à Bourguignonne "...(França)
( 4-6 pessoas)


MARINADA...  Ingredientes:


1,300 kgs de carne de vaca (chambão) cortado em cubos de 5 cm X 5 cm
4 cenouras média cortadas em cubos
2 cebolas médias cortadas em cubos
4 dentes de alhos picados
1 folha de louro sem o pau central da folha, ou 1 colhe (de chá) de tomilho
1/2 litro de água com gás
75 cl (uma garrafa) de vinho tinto maduro (se tiver, que seja o vinho de Bourgogne)
pimenta preta de moínho
sal para temperar

Prepare a marinada 12 horas ante de cozinhar o etufado:

Para amaciar a carne, ponha a carne num recipiente e junte a água com gás.
Deixe repousar durante 1 hora.
Junte o resto dos ingredientes, 
misture e deixe a marinar dentro do frigorífico 12 horas.

COMO COZINHAR O ESTUFADO...3 horas antes de servir.

Ingredientes a acrescentar:  
1 chávena (de chá) mal cheia de azeite oliveira
4 colheres (de sopa) de farinha de trigo sem fermento

Retire os pedaços de carne da marinada e ponha numa panela com o azeite.
Leve ao lume médio, para alourar, mexendo de vez em quando.
Junte  a farinha de trigo, mexa por 2 minutos
e por fim, junte o líquido da marinada com os legumes.
Tape e deixe cozinhar em lume brando durante 2 h 35 m, 
mexendo de vez em quando
e deixando sempre a panela tapada.
Apague o lume.

FAÇA A GUARNIÇÃO (acompanhamento)...

Ingredientes para cada preparação:

1- 750 gramas de batatas pequenas descascadas, para cozer
sal para temperar

2- 600 gramas de cogumelos de Paris cortados em quatro
1 cebola picada
um generoso fio de azeite
sal para temperar
salsa fresca picada (facultativo)

3- 500 gramas de cebolas pequenas inteiras e descascadas
50 gramas de manteiga
1 colher (de sopa) de açúcar

4- 250 gramas de toucinho fumado (bacon fumado)

1ª PREPARAÇÃO, AS BATATAS:

Ponha água ao lume e as batatas, tempere de sal e deixe cozer. 
Depois de cozidas as batatas, escorra e reserve.

2ª PREPARAÇÃO, O TOUCINHO FUMADO:

Ferva água e deite por cima do toucinho fumado, para escaldar, escorra e reserve.

3ª PREPARAÇÃO, OS COGUMELOS SALTEADOS:

Coloque a cebola picada numa frigideira com o azeite e leve ao lume médio, mexendo até ficar transparente.
Junte os cogumelos à cebola e salteie, por 4 ou 5 minutos,
depois junte o toucinho fumado escaldado e escorrido 
e continue a saltear por mais 3 minutos.
Apague o lume e reserve.

4ª PREPARAÇÃO:

Ponha numa panela as cebola pequenas com a manteiga, leve ao lume médio/brando e deixe saltear, 
mexendo sempre, até começarem a alourar ligeiramente.
junte o açúcar e continue a mexer, até caramelizar um pouco. 
Apague o lume e junte.
Misture estas preparações que fez, 
menos as cebolas caramelizadas .

Sirva...
 Num travessa de ir à mesa, ponha o estufado de carne bem quente, 
coloque por cima as cebolas caramelizadas
e sirva acompanhado com o resto, com salada e pão rústico, 
como bebida, um bom vinho tinto ou outra bebida a seu gosto.
(Confeccionado por Marinela Moreira)














segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

ACOMPANHAMENTOS..." Arroz de espigos (grelos) de couve ". O arroz de espigos, cujo nome é designado na Beira Litoral-Portugal, é chamado no Norte de Portugal "arroz de netos". Há duas versões, nesta receita: arroz solto e arroz molhado. No arroz solto, são utilizadas apenas duas medida de água para uma medida de arroz. No arroz mais molhado, são utilizadas duas medidas e meia de água para uma medida de arroz. E o que são os espigos de couve, afinal? Quando a couve portuguesa (ou couve galega) cresce e passa o tempo das folhas grandes e verdes, as últimas que crescem espigam. Estas, são tenras e suculentas, apanham-se os espigos juntamente com as folhas pequenas que os envolvem. Depois de lavados, cozinha-se este prato, um acompanhamento delicioso para carnes e peixes.

" Arroz de espigos de couve "...
( 4-6 pessoas )

Ingredientes:

400 gramas de arroz (carolino ou agulha)
1 cebola grande (picada)
1 molho de grelos de couve (espigos e as folhas pequenas que os envolvem)
4 dentes de alhos (picados)
sal para temperar
água para cozer

Preparação:
Lave os grelos de couve e reserve.
Depois de picar as cebolas e os alhos, coloque tudo numa panela com o azeite e leve ao lume brando, tape.
Deixe refogar, até tudo ficar apenas transparente.
Junte os grelos de couve e mexa com uma colhe de pau, tape.
Deixe fervilhar durante 4 a 5 minutos, em lume médio, mexendo de vez em quando.
Lave e escorra o arroz e junte aos grelos na panela.
Acrescente a água necessária para cozer o arroz, solto ou molhado
(veja a quantidade de água explicada para "solto" ou "molhado", aqui no texto em cima).
Tempere de sal e deixe cozer tapado, por cerca de 18 a 20 minutos.
Apague o lume e sirva quente, para acompanhar com croquetes de carne,
veja a receita neste blogue, pesquisando neste mesmo blogue, com o nome:

Croquetes de carne

(Confeccionado por Marinela Moreira)

O arroz de espigos de couve acompanha também pratos de carne, aves ou peixe.